037 Celular Modular e Manipulação do Facebook

opencast_episodio_37

Esqueça a tristeza da desclassificação da seleção brasileira na copa(o Ivan e o Aprígio já estávamos torcendo para a Alemanha mesmo) e ouça mais um episódio do Opencast. Neste episódio Ivan e Diego discutem assuntos relacionados com software livre, incluindo um desabafo referente a comunidade Ubuntu-BR e uma música especial no final do episódio.

Agradecemos novamente ao Eduardo Barbosa pela arte da capa do episódio.

Gostaríamos de lembrar a todos que devem atualizar seus feeds do opencast pois este mudará de endereço e passará a ser hospedado no site tecnologiaaberta.com.br. Por enquanto, os episódios estão sendo publicados em paralelo, mas em breve serão publicados exclusivamente no site tecnologiaaberta.com.br

Links do episódio

Meu celular e a câmera que eu tinha que plugar nele.

CF62camera-para-celular-siemens-a-400-2-s-30880-s-5701-14187-MLB152546411_9077-O

Twitter: @tecnologiaabert

Facebook: http://www.facebook.com/tecnologiaaberta

Google+: Tecnologia Aberta

Youtube: Tecnologia Aberta

E-Mail: opencast@tecnologiaaberta.com.br

Feed do Opencast: http://tecnologiaaberta.com.br/feed/opencast/

iTunes: http://itunes.apple.com/br/podcast/id424732898

Créditos das músicas usadas neste programa:
Josh Woodward e DanoSongs.com

Opencast , , , , , , , , , , , , , , , , , , 09/07/2014 00:49 2 Comentários

2 Comentários

  1. Eduardo Barbosa disse:

    A princípio, não gostei dessa ideia de “Celular Modular”. Hoje, não compraria.
    No início, os celulares eram grandes e espessos, a tecnologia foi mudando e diminuindo os aparelhos. Todos queriam celulares pequenos e eles pareciam tender para o tamanho de uma caixa de fósforo. Quando chegaram nesse estágio, a tendência mudou e o tamanho da tela começou a ser uma variável importante, até que hoje, muitas pessoas utilizam tablets para fazer ligação… Mas essa história de celulares espessos, é coisa do passado. (Minha opinião)

    No mais, outro episódio de qualidade.

  2. George Tavares disse:

    Olá

    Relativo ao uso do hangout no chrome/chromium acredito que sim, usará o webrtc para canal de comunicação pelo que tenho lido sobre o assunto. O que na verdade parece que ocorrerá é utilização de uma tecnologia de plugins do chrome/chromium chamado nacl que permite rodar código C/C++ de uma maneira segura através de uma sandbox para realizar algumas tarefas do plugin do hangout (aquelas brincadeiras de por oculos, bigode). Por isso o mecanismo se restringirá ao chrome/chromium a principio.
    Sobre as diferencas e contribuições do chrome/chromium devo afirmar que é total. A base de código de ambos os produtos são iguais. Segue o link com a diferenças entre os dois: https://code.google.com/p/chromium/wiki/ChromiumBrowserVsGoogleChrome . As principais diferenças são a arte (o chromium possui icones azuis), o chrome vem com um plugin proprietario para o flash (mas é possivel transplantar esse plugin para o chromium) e o chrome é compilado habilitando algumas opções a mais referentes, como api’s do google e codecs proprietários de MP4 e MP3 pois acredito que a google deva ter licenciado esses codecs. Eu compilo eu mesmo meu chromium com essas opções a mais e libero o uso dos mesmos codecs de mp3 e mp4 da google.

Deixe seu comentário

Website