048 As primeiras Steam Machines

opencast_episodio_48

Voltamos(isso está ficando chato) com mais um episódio do Opencast. Desta vez tivemos vários motivos para não termos episódio por tanto tempo, nenhum relacionado a escolhas e os detalhes estão logo no início do episódio.

Neste episódio, Ivan e Dionatan conversam sobre alguns assuntos e acontecimentos relevantes no mundo do software livre.

Links do episódio

Twitter: @tecnologiaabert

Facebook: http://www.facebook.com/tecnologiaaberta

Google+: Tecnologia Aberta

Youtube: Tecnologia Aberta

E-Mail: opencast@tecnologiaaberta.com.br

Feed do Opencast: http://tecnologiaaberta.com.br/feed/opencast/

iTunes: http://itunes.apple.com/br/podcast/id424732898

Créditos das músicas usadas neste programa:
DanoSongs.com

Opencast , , , , , , , , , , , , , , , 07/06/2015 20:32 10 Comentários

10 Comentários

  1. Marcilio Junior disse:

    não caio no feed vou esperar :/

  2. Just disse:

    Quem diabo é “Anoak”? Não faço idéia de como escreve, tentei mas o google não me corrigiu positivamente. :'(

    • tecnolog disse:

      Anahuac é o nome dele.

    • Anahuac é um Stalman brasileiro (as ideias são muito próximas), que é professor universitário em alguma Universidade aqui do Nordeste, só não lembro qual, que chega ao cumulo de se você enviar um email pra ele de @hotmail.com, @gmail.com, etc, ele não aceita seu email, pois o conteúdo que vocês conversarem estará sendo interceptado pelas forças do mal.

      E se não me engano é o maior mantenedor do DiasporaBR (uma rede social que quase ninguém usa).

  3. Pois é pessoal acabei de ouvir o episódio dessa semana e decidi comentar algumas coisas.

    Começando pelo final, a função de usar o Docker no Ubuntu Mobile seria a killer feature dele que faria vários usuários migrar para o SO se tivesse sido lançado com o Ubuntu Edge, porem a Canonical perdeu a vez, pois apesar de ter criado antes a opção, não lançou e a Microsoft dia 29/07 lançará vários smartphones Windows Mobile com suporte a essa funcionalidade (O Continuum).

    Outra coisa que gostei de ouvir foi sobre essa nova leva de adoções de projetos Open Source pela SERPRO, um dos poucos órgãos governamentais que dou valor, principalmente por conhecer pessoas lá de dentro e por ver a atuação deles em projetos na comunidade.

    E por fim, não sabia que a Amazon AWS ainda não estava dando grana para a Amazon não, pensei que seria o principal carro chefe da empresa, pois se isso ta ocorrendo, então a Microsoft também deve estar no mesmo caminho, só queimando dinheiro.

    Um forte abraço e até o próximo podcast. =)

  4. Comentando a respeito do Stallman, faz todo o sentido ele ser extremista com relação a software não livre, se não seria contraditório o maior defensor do software livre utilizando software não livre. Ao menos ele mostra que é possível, embora ainda que difícil, não utilizar software proprietário. Também são pessoas nesse estilo que puxam e guiam a comunidade de software não livre, se uma pessoa não gostar é livre para seguir outro movimento, o problema é quando ela segue outro movimento como o do opensource e diz que é do software livre, gerando vários problemas de conceitos e criticando os defensores do movimento ao qual ela diz fazer parte.

    Dito isso, deixo uma observação minha a respeito do Opencast e do site Tecnologia Aberta, por ambos possuírem alguma relação ao “open” é justo os mesmos estarem focados no mundo ou movimento opensource. Como o requisito de duas das quatro liberdades do software livre é ter acesso ao código fonte, por definição, todo software livre é opensource também, porém vale ressaltar que nem todo opensource também é software livre. Então quando se fala de software é justo vocês comentarem sobre os softwares livres, porém não vejo necessidade de focarem tantas críticas, positivas ou negativas, ao movimento do software livre ou seus defensores, assim como em relação ao software proprietário. Não digo isso como forma de censura, porém gosto do Opencast como fonte de notícias do mundo opensource e é isto que busco quando vou ouvi-lo, então sugiro maiores focos e esforço no opensource que outros movimentos.

    Em relação ao Anahuac, se ele fosse participar de algum episódio cuja a gravação fosse feita via Skype ele teria que instalar a ferramenta, coisa que ele não irá fazer, então não tem como ele participar desta forma. Concordo com ele em pedir que o episódio seja disponibilizado em OGG, uma vez que facilitaria para quem não gosta de codecs proprietários, porém como iTunes não reproduz esse formato, não acho certo não publicar em MP3, minha opinião é que vocês poderiam publicar normalmente, porém adicionar um link com o episódio em OGG. Em relação a emails, por mais que ele cuide de seus dados, a comunicação ocorre por duas pontas, então se a outra não cuidar também abre a brecha para a espionagem. A privacidade é um bem compartilhado, significa que todos possuem ou ninguém possui, conte um segredo a uma pessoa, por mais que você diga para ela manter em segredo, você não tem mais controle da informação e fica na mão desta outra pessoa.

    Sobre o Firefox OS, eu até cogitei em comprar um celular com este sistema, porém os modelos vendidos no Brasil não me agradaram, principalmente o custo em relação ao hardware oferecido. Não sei qual o modelo de 25 dólares, porém com o custo Brasil se é este vendido aqui está no mesmo preço que os androids. Um diferencial dos celulares com Firefox OS e uma função muito desejado pelas pessoas de classes mais baixas está presente, rádio FM, eles fizeram pesquisa para saber isso, basta você fazer sua escolha. O ponto principal é que todos os aplicativos são feitos em HMTL, CSS e JavaScript, porém quase todos também rodam no Firefox para android, então no android você tem os aplicativos nativos mais os de Firefox OS, no Firefox OS não tem os de android.

    Minha opinião sobre a Mozilla é que atualmente não estão acertando mais o mercado, vários projetos interessantes não estão andando fora da Mozilla. Além do Firefox OS, não vejo adoção do Persona que oferecer login descentralizado sem senha. Vários mini navegadores utilizando webkit, tendendo a web mais para o lado do Google Chrome, que por sua vez possui alguns recursos ainda em desenvolvimento que já são adotados pelos sites deixando o mesmo incompatível com o Firefox, por isso que muitos dizem que o Chrome é o novo Internet Explorer, pelo menos em espírito. Um dos sites que não funciona mais corretamente no Firefox é a Steam, onde alguns recursos como lista de desejo e mercado da comunidade só funcionam corretamente no cliente da Steam ou no Chrome. Também tiveram algumas posições da Mozilla, como que eles falavam que não iriam implementar padrões de DRM e algum tempo depois voltaram atrás e o recurso apareceu no Windows.

    Este foi mais longo, porém tive vários assuntos que gostaria de comentar e que exigiam maiores explicações. Estou comemorando mais uma volta do Opencast e espero o próximo episódio.

Deixe seu comentário

Website