051 Unity 3D no Ubuntu

opencast_episodio_51

Opencast de número 51 no ar e neste episódio Ivan e Diego falam um pouco sobre os acontecimentos das últimas semanas no mundo do software livre.

Finalmente nossa loja está no ar e é diferente da maioria das lojas de outros podcasts pois não vendemos camisetas e canecas, vendemos tudo que tenha relação a informática, incluindo computadores com Linux pré-instalado. Qual loja online, relacionada a sites e podcasts, que vende materiais e equipamentos de rede? Só a nossa. Corre lá e aproveita o cupom de desconto “OPENCAST”, sem as aspas para ter 7% de desconto. Aproveita e se cadastra para receber no seu email novas promoções exclusivas. Só para fixar melhor, nosso endereço é loja.tecnologiaaberta.com.br.

Se você é do Rio Grande do Sul ou Santa Catarina e precisa de serviços de cabeamento estruturado, câmeras de segurança dentro do padrão de cabeamento estruturado, nobreaks(venda e manutenção), som ambiente, equipamentos de informática de padrão corporativo ou ainda consultoria na área de T.I., não deixe de entrar em contato com nosso patrocinador Dataware pelo telefone (54) 3712 0177.

Links do episódio

Twitter: @tecnologiaabert

Facebook: http://www.facebook.com/tecnologiaaberta

Google+: Tecnologia Aberta

Instagram: @ubunterobr

Youtube: Tecnologia Aberta

E-Mail: opencast@tecnologiaaberta.com.br

Feed do Opencast: http://tecnologiaaberta.com.br/feed/opencast/

iTunes: http://itunes.apple.com/br/podcast/id424732898

Créditos das músicas usadas neste programa:
Josh Woodward

Opencast , , , , , , , , , , , , , , , , , 31/08/2015 08:00 5 Comentários

5 Comentários

  1. Everton Melo disse:

    baixando… alucinadamente!!
    to tb fazendo a transcrição do audio se alguém quiser revisar irei publicar o Github.

    grande abraço valeu pela iniciativa!

  2. Marcos Alberto Marques Dias disse:

    Salve galera bom dia pois são 03:00 da manhã por aqui :-). Gostaria de fazer
    alguns comentários sobre o episódio que foi muito bom como de praxe. O software
    usado pelo cientista Stephen Hawking se chama ACAT (Assistive Context-Aware
    Toolkit). Com relação a essa notícia faltou apenas essa informação :-). Com
    relação ao Vulkan, pelo que vi no site http://goo.gl/qF3tz3, vai estar
    disponível na próxima versão do Android. Então acredito que será no Marshmallow
    que vai estar disponível para todos os usuários no último trimestre do ano. A
    AMD parece que já está trabalhando com o Vulkan no Mantle como a Nvidia
    também e a Valve está trabalhando nos drivers OpenSource da Intel para a
    implementação. Depois se puderem dar uma conferida no site existem várias
    informações extras como diversos vídeos a respeito do Vulkan. Quanto ao
    SteamBoy agora chamado de Smach Zero, pela notícia que li nesse link,
    http://goo.gl/825vee, vai rodar o SteamOS que é o sistema deles baseado no
    fonte do Debian Wheezy conforme deixa claro o link oficial…
    http://goo.gl/Ef2udz :-). Com relação aos processadores de 64 bits existe sim o
    mode full para 64 bits. A AMD chama esse modo de Long Mode e a Intel o chama de
    IA-32e. Este modo é ativado quando são executados programas de 64 bits em
    sistemas operacionais de 64 bits. É importante ressaltar que esse modo só
    estará disponível em um sistema operacional de 64 bits, com drivers de 64 bits
    e programas de 64 bits. Resumindo: O software também precisa ser Full Mode…
    Como curiosidade A primeira CPU de 64 bits foi lançada comercialmente em 1990
    pela MIPS Technologies.Mais informações interessantes sobre a tecnologia nesse
    link… http://goo.gl/qGFfKl Com relação ao Unity 3D apenas um complemento que
    uma engine não trata apenas de questões matemáticas mas também de questões
    fisícas dentro de uma animação ou game como o sistema de colisão entre os
    personagens e a inteligência artificial. Essa ferramenta tem como objetivo
    facilitar a vida do programador evitando que ela tenha que fazer o trabalho que
    era feito no passado quando um game era lançado apenas para uma plataforma e
    caso fosse ser lançado em outra plataforma precisasse ser totalmente reescrito
    o que era um trabalho um tanto quanto insano. Por isso ainda tenho a opinião de
    que os games mais antigos eram os melhores… 🙂 Informações detalhadas sobre
    a engine Unity 3D nesse link… https://goo.gl/WwpCC5 e informações detalhadas
    sobre engines de um modo geral nesse link… https://goo.gl/LysRD3 Com relação
    a esse lance da privacidade no Firefox eu imagino que possa até impedir que um
    determinado site consiga te rastrear mas no final das contas não garante a sua
    privacidade. A operadora que te fornece a conexão com a internet ainda vai
    continuar sabendo tudo que você faz na web e caso esses dados sejam requeridos
    pela justiça você vai estar totalmente encrencado se andou praticando atos
    ilícitos. No final das contas não existe privacidade na web essa é a minha
    opinião. Continuando no Firefox, esse lance dos plugins, eu antes usava vários
    plugins no Google Chrome. Acabei percebendo que o navegador se transformava em
    uma verdadeira carroça e o consumo de memória ia lá nas alturas. Hoje evito
    usar o máximo de plugins que eu posso. Apenas os necessários e essenciais que
    no máximo se resumem a 4 ou 5. Parabéns ao Linux que completou 24 anos… Uso o
    sistema já faz mais de 12 anos e posso dizer que estou completamente
    satisfeito. 12 anos sem usar o Windows tem sido uma experiência fantástica.
    Parabéns para todos os desenvolvedores, entusiastas, geradores de conteúdo
    sobre o sistema e usuários. Quem quiser saber um pouco mais sobre a história do
    Linux pode dar uma olhada nesse rápido vídeo… https://goo.gl/pZT1lJ o vídeo
    conta apenas com imagens e música de fundo mas de qualquer forma é muito
    interessante. Ou dar uma olhada nessa postagem do próprio Linus onde ele conta
    um pouco da história do sistema a partir de 1992… https://goo.gl/zjb1Nu No
    caso dos projetos OpenSource da IBM achei um site que mostra todos os projetos
    OpenSource que a IBM participa… Segue o link… http://goo.gl/1FeOmU Com
    relação aos terminais de ônibus de Curitiba exibindo pornografia por 15 minutos
    a declaração oficial da URBS foi a seguinte: “Segundo a Urbs, a situação
    aconteceu porque o sistema da empresa que cuida das telas foi invadido. Ainda
    não se sabe quem pode ter feito o ataque.” Na moral mesmo eu duvido que isso
    seja fruto de uma invasão ao sistema. Me parece mais uma bela cagada feita por
    algum funcionário completamente despreparado ou sacana mesmo. Enfim por hora
    esses são os meus comentários sobre o episódio. Espero não ter me alongado
    demais e que eu tenha de alguma forma trazido informações úteis. Valeu galera
    grande abraço até a próxima. 🙂

  3. Só uma pequena correção em relação a leitura de comentários. HTML é linguagem sim, não de programação, mas sim de marcação, assim como XML, YAML, markdown, reStructuredText entre muitas outras.

    Já posso dizer como está usar o Firefox com essa alteração nas extensões, uma vez que o Firefox Developer Edition (antes conhecido como aurora) já está com essa modificação ativa. No começo foi bem complicado, tive que mudar algumas extensões que uso por outras com funções semelhantes, mas agora muitas das extensões já estão assinadas, principalmente do site da Mozilla, e acredito que quase todas estarão até o lançamento da versão final,já que até extensões fora do site estão sendo assinadas, como o HTTPS Everywhere (https://www.eff.org/https-everywhere).

    Agora uma coisa importante a se notar é que isso se aplica apenas as extensões, plugins, como Java e Flash, continuam não precisando de assinatura. Então isso irá continuar da mesma forma.

    Eu já consegui utilizar o OpenJDK, IcedTea na verdade, para acessar minhas contas em dois bancos diferentes, depois de instalado os pacotes corretos. Aparecem algumas mensagens de erro as vezes que podem ser ignoradas, mas é possível utilizar quase sempre sem maiores problemas. Para quem quiser testar no Debian ou derivados busque pelo pacote “icedtea-plugin”. Ele já substituiu completamente a versão da Oracle no meu computador.

    Lembro que até a versão 5 ou 6 do Java existia pacote para o Debian, agora não sei como funcionava, talvez parecido com o Flash, que na verdade é um script que faz o download do site da Adobe. Isso é bem comum em alguns projetos opensource com partes fechadas, que antes de compilar você precisa executar alguns scripts para baixar arquivos que não podem ser distribuídos junto com o fonte. As vezes não tem diretamente no repositório, mas já tem uma forma simples de instalá-lo.

    Talvez algum dia teremos um protocolo padrão de comunicação bancária, como na Alemanhã se não me engano, que você pode utilizar o software que quiser para fazer o seu controle financeiro, inclusive calcular o que seria mais vantajoso para você.

    Vou deixar uma notícia aqui para comentarem: “Evento Comunitário de Software Livre cancelado” (http://softwarelivre.org/portal/noticias/evento-comunitario-de-software-livre-cancelado e https://diasporabr.com.br/posts/764427). Isso só comprova o fato de que muitas pessoas não entendem qual a diferença de opensource e software livre, ao qual eu sempre estou aqui discutindo. Também vale notar que o canal de comunicação oficial foi o Diaspora e não no F*k, que mostra o esforço da organização em estar de acordo com o movimento do software livre.

    Agora estou esperando o próximo episódio, não só do Opencast, mas do Castálio também (avisem o Og por mim).

  4. Gildásio Júnior a.k.a. gjuniioor disse:

    Bacana a notícia sobre a Intel “e” S. Hawking! Sobre a tal campanha do balde de gelo, não achei lá tão interessante. Tirando o benefício de trazer a questão à tona, não teve outro benefício. Por notícias que vi, poderia ter gerado mais recursos. Muitas pessoas faziam os vídeos apenas pela “farra” de poder compartilhar algo nas mídias sociais, mas sequer sabiam do que se tratava. A pessoa que cumpriu o desafio de forma mais benéfica, para mim, foi o Charlie Sheen, vide vídeo: [1].

    A respeito dos cookies, realmente, complicado. Seria bacana se isso realmente fosse integrado de forma default. É incrivelmente “deselegante” – mas esperto – como o Facebook faz para rastrear seus usuários. Só pelo simples fato de ter um botão de like numa página, o Facebook já sabe que você está nela e triangula todo o tráfego que se gera. Não se vale apenas em relação à rede do Mark, mas também para outras indústrias que tem como produto principal as informações dos usuários.

    Em um momento do PodCast foi falado sobre internet banking e a migração para o uso do Mobile. Foi dito também que esses aplicativos “não são lá essas coisas”. Realmente! Aqui segue o episódio do PodCast Segurança Legal que trata sobre esse assunto: [2]. Nesse episódio, foi entrevistado o Diego Aranha e o Rafael Junio, que fizeram uma pesquisa [3] a esse respeito.

    [1] – https://www.youtube.com/watch?v=qat9gR5nrpM
    [2] – http://www.segurancalegal.com/2015/08/episodio-82-avaliacao-de-seguranca-de.html
    [3] – https://s3.amazonaws.com/Files_Podcast/SBSeg-artigo.pdf

  5. emerson disse:

    crítica construtiva: a pronúncia de “engine” está errada.

Deixe seu comentário

Website