O que é o terminal?

text8381

Instalei o Fedora em meu computador (ou qualquer outra distribuição Linux) e queria instalar o GIMP. Como sou novato, não sabia por onde começar. Então recorri a um fórum ou  um grupo do Facebook e disseram para eu abrir o terminal e executar o comando sudo dnf install gimp. O que é isso e para que serve?

Todos os usuários recém chegados ao mundo Linux em algum momento irá dar de cara com o Terminal. E se esse usuário for curioso e quiser saber o que é e para quê serve, esse post irá ajudar.

#1
Quando é aberto o Terminal, a tela que surge é algo como a imagem acima, uma janela com um fundo em cor sólida (normalmente) e uns caracteres meio estranhos. OK! Vamos entender essa janela:

#2
O @ (arroba) separa o nome de usuário (à esquerda) do nome da máquina (à direita). Se seu nome de usuário for lucas, irá aparecer lucas@nomedamáquina. O nome da máquina por padrão no fedora é nomeada “localhost“, mas você pode mudar para o qual quiser, mas isso vai ficar para mais adiante.

Talvez você tenha se perguntado se esse til “~” e esse cifrão “$” tem alguma utilidade. O til indica que você está dentro da pasta do usuário. Isso mesmo que você está pensando, podemos navegar pelas pastas do computador através do terminal, e toda vez que você entrar em uma pasta, o nome dela ficará no lugar do Til “~“. Para provar que você está dentro da pasta do usuário, dê o comando ls para exibir as pastas contidas dentro da sua pasta de usuário.

Veja só as pastas que tenho dentro da minha pasta de usuário:

#3
Viu como é legal? Eu sei que você quer saber como entrar em alguma pasta, então, vamos lá! Para entrar em qualquer pasta basta você dar o comando cd nomedapasta, por exemplo, cd Músicas. Já que você entrou na pasta Músicas, perceba que não existe mais o Til depois do nome da máquina. Dê o comando ls e veja o que tem dentro e depois volte para a pasta anterior com o comando “cd ..” sem as aspas.

Para praticar os comandos apresentados aqui no post, entre em todas as pastas, uma a uma, com o comando cd, liste o conteúdo delas com o comando ls e depois volte com o cd ... Se houver alguma dificuldade é só deixar um comentário que eu respondo você ou se sua dúvida puder ser esclarecida no próximo post, comentarei o link.

Se você gostou desse post, compartilhe nas suas redes sociais, mostre para seus amigos. Se tiver alguma sugestão ou crítica, fique a vontade para comentar. Obrigado pelo seu tempo e até a próxima!

linux, Tutorial , , 24/09/2015 15:24 1 Comentário

Thiago Jack

Thiago Jack

Suporte T.I, estudante de Design Gráfico, apaixonado por Linux, servo do Deus vivo.

Outras publicações do autor (8)

Um comentário

  1. Ideals disse:

    Obrigado por este artigo tão útil. E se você não sabe, salas de dados virtuais são perfeitos para armazenar informações confidenciais.

Deixe seu comentário

Website