Conhecendo Gerenciadores de Janelas Diferentes

i3-5

Se você começou a usar computadores dos anos 90 para cá, você provavelmente teve seu primeiro contato através de uma interface gráfica. Para quem começou a usar computadores através de uma interface gráfica, o conhecimento sobre interface de texto veio por um emulador de terminal em forma de janela. O que acontece é que na prática nos acostumamos a vermos  interfaces de usuário de uma maneira gráfica por meio de janelas e a menos que você passe muito tempo no terminal, você acaba com essa visão acostumada de interfaces de usuário.

O uso constante do terminal nos mostra que existe um meio não tão fácil, mas muito mais prático e poderoso de realizar certas tarefas. A criação da interface gráfica revelou uma melhor forma para certas atividades  como a produção visual, mas além da conhecidas interface gráficas para linux existem gerenciadores de janelas que adotam uma visão de interface minimalista e com poucos recursos dispensáveis.

Cansado de recursos excessivos, como menus e painéis e efeitos gráficos que tomam o processamento da máquina, idealizadores criaram um manifesto que buscava incentivar a criação de interface gráficas mais minimalistas e operadas mais por atalhos de teclado do que por mouse. Esse manifesto deu origem a vários gerenciadores de janelas e hoje temos opções interessantes, rápidas e leves. Para um usuário de desktop que não está preocupado com recursos e enfeites visuais que acabam deixando a resposta da máquina lenta, esses gerenciadores são opções poderosas e práticas.

Um vantagem de utilizar esses gerenciadores de janelas é que você perceberá que por mais que não sejam agradavelmente visuais como uma interface Gnome ou Unity, você desenvolverá uma nova forma de ver a execução de programas e se concentrará mais em no que está fazendo. Existem várias opções como i3, awesome, xmonad, dwm.

dwm-20120806

Parece complicado, mas é poderosamente simples e prático.

Se você usa ubuntu, você pode começar usando o i3. Ele é disponibilizado nos repositórios como um metapacote e depois de instalado é basicamente utilizá-lo encolhendo-o nos gerenciador de sessão. Antes de utilizá-lo é importante ter anotado ou aprendido os atalhos para lançar aplicativos, fechar janelas, sair da sessão e e mover as janelas entre espaços de trabalho. No começo você pode até demorar um pouco para lembrar atalhos e operar as janelas mas garanto a você, quando você se acostuma, tudo se torna rápido e prático e sem  o uso excessivo do mouse.

Gerenciador de Janelas i3. Gerenciar janelas sem o uso do mouse através de atalhos de teclado.

Gerenciador de janelas i3. Gerenciar janelas sem o uso do mouse através de atalhos de teclado.

Para instalar o i3 no Ubuntu digite:

sudo apt-get install i3

Hacking, linux , , , , , 06/11/2015 08:57 3 Comentários

Ismande

Ismande

Nerd, Músico, Devoto de São Linus e Sir Eric S. Raymound.

Outras publicações do autor (22)

3 Comentários

  1. Cleber Filho disse:

    Valeu cara, puts tem tempo que tava tentando descobrir isso! Virei teu fã!

  2. Ismande Jesus disse:

    Gerenciadores tilling manager mudam vidas hehe

  3. Andreas disse:

    Muito bom o post estou usando o i3wn em meu arch

Deixe seu comentário

Website