Ubuntu 15.10 com Unity 8 e melhorias no MIR

ubuntu_mir_final

A Canonical vem trabalhando muito no Unity 8 a muito tempo. E as últimas informações dos desenvolvedores confirmaram a implementação do Unity 8 como padrão no Ubuntu 16.10.

Os desenvolvedores do Ubuntu não estão trabalhando no Unity 8 sozinhos, e ele não será lançado no Ubuntu 16.10 apenas como uma atualização simples para o atual Unity 7. Na verdade, existem alguns componentes que precisam ser portados para o Unity 8, como o Mir ou os pacotes Snappy. Eles são dependentes, e eles não poder ser lançados um sem o outro.

Ao contrário da atualização anterior que foi muito importante na história do Ubuntu, a mudança do GNOME 2 o Unity, desta vez eles preferem demorar um pouco mais, para ter certeza que tudo esteja funcionando corretamente. Mesmo se Unity 8 parecer muito com o atual Unity 7, haverá sem sombra de dúvidas muitas mudanças significativas.

Basta pensar no fato de que temas de terceiros e ícones não vão funcionar mais, pelo menos não no início, e vai demorar um tempo até que o resto da comunidade acompanhe todo o processo de desenvolvimento, aprimorando seus pacotes. A equipe quer ter Unity 7 por padrão e o Unity 8 como segunda opção no Ubuntu 16.04 LTS, dando às pessoas e outros devs seis meses para aprender como funciona o novo desktop.

Uma vez que todos estes componentes são partes complexas, é impossível prever com precisão se eles vão estar disponíveis no Ubuntu 16,10, mas este é o objetivo da Canonical.

Michael Hall (Ubuntu Community Manager), Kevin Gun (Engineering Manager for Display Server & Unity), e Pat McGowan (Director of Tools and Applications at Canonical) tiveram uma discussão fascinante durante o último Ubuntu Summit on-line, que você pode ver no vídeo abaixo. Se você quiser saber mais sobre a Unity 8 no Ubuntu 16.10, pode adiantar o vídeo para os 42:10 minutos.

Fonte: SempreUpdate.

linux, Ubuntu, união livre , , , , , , 23/11/2015 10:04 Deixe um comentário

Matheus Henrique de Souza

Matheus Henrique de Souza

Estudante de Técnico em Informática no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – Câmpus Venâncio Aires, entusiasta em software livre e desenvolvimento de software.

Outras publicações do autor (7)

Deixe seu comentário

Website