Padrões Web

Quando a Web surgiu, tinha como finalidade ser um meio de publicar e acessar arquivos acadêmicos. Se a internet era a solução de engenharia genial de conectar computadores, a Web é o meio revolucionário de compartilhar e acessar conteúdo que nasceu nesse ambiente. Historicamente tivemos com o advento do rádio a possibilidade de acessar conteúdo de áudio por meio de frequências específicas decodificadas em um aparelho de rádio. Depois tivemos a revolução que veio com o surgimento da TV que acrescentou imagens ao compartilhamento de áudio. O que a Web fez foi permitir que esse compartilhamento de áudio e imagem se tornasse uma via de mão dubla, onde consumidores de conteúdo também poderiam gerar conteúdo de maneira acessível. Esse é o mérito da Web.

A questão sobre a Web é que embora ela seja a tecnologia que serve de base para a criação e compartilhamento de conteúdo de hoje, ela não foi arquitetada especificamente para esse propósito. Para se ter uma ideia a primeira versão da Web mal suportava o formato de imagem e não tinha nenhuma padronização para vídeos. O que aconteceu é que cada navegador começou a implementar recursos independentes e na prática o desenvolvimento web começou a se tornar um caos e monopólio de fabricantes de navegadores. Sites só funcionavam bem em navegadores específicos.  A famosa guerra de navegadores disputada entre a Microsoft, com seu  Internet Explorer, e a Netscape e seu navegador homônimo é lembrada até hoje como um exemplo do caos que existia no desenvolvimento web daquela época. Os próprios desenvolvedores web eram reféns desse caos porque tinham que desenvolver sites cheios de hacks para que pudessem funcionar eficientemente em mais de um navegador.

Tim Berners Lee, criador da Web,  ao ver a situação caótica que estava  sendo criada, teve a ideia de criar uma organização capaz de gerar padrões web. Com isso deu origem ao W3C. A ideia do W3C é criar  padrões para que todo o desenvolvimento criado dentro desses padrões seja compatível com todos os navegadores .  Hoje o W3C se preocupa inclusive com o desenvolvimento web em dispositivos móveis.  O maior argumento que você pode usar para mostrar a importância de desenvolver embaixo dos padrões Web é a portabilidade.

 

Tim Berners-Lee, pioneer of the World Wide Web, c 1990s.

Tim Berners-Lee, pioneer of the World Wide Web, c 1990s.

Comportamento , , , 07/01/2016 11:09 1 Comentário

Ismande

Ismande

Nerd, Músico, Devoto de São Linus e Sir Eric S. Raymound.

Outras publicações do autor (23)

Um comentário

  1. Antonio Carlos disse:

    Muito bom.

Deixe seu comentário

Website