Opencast #76 – A Novela do Ubuntu

Está no ar mais um episódio do Opencast. Neste episódio Ivan e Diego falam mais uma vez sobre os assuntos e notícias relacionados ao mundo do software livre.

Se você é do Rio Grande do Sul ou Santa Catarina e precisa de serviços de cabeamento estruturado, câmeras de segurança dentro do padrão de cabeamento estruturado, nobreaks(venda e manutenção), som ambiente, equipamentos de informática de padrão corporativo ou ainda consultoria na área de T.I., não deixe de entrar em contato com nosso patrocinador Dataware pelo telefone (54) 3712 0177.

O vídeo abaixo é a íntegra da gravação e é apenas um plus que será postado sempre que possível, mas isso não será regra.

Links do episódio

Libera Geral

Obituário

Twitter: @tecnologiaabert

Facebook: http://www.facebook.com/tecnologiaaberta

Google+: Tecnologia Aberta

Instagram: @ubunterobr

Youtube: Tecnologia Aberta

E-Mail: opencast@tecnologiaaberta.com.br

Feed do Opencast: http://tecnologiaaberta.com.br/feed/opencast/

iTunes: http://itunes.apple.com/br/podcast/id424732898

Opencast , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , 30/04/2017 15:54 5 Comentários

5 Comentários

  1. Rogério Calsavara disse:

    Saudações Opencasters!

    O que me chamou a atenção nesse episódio foram as notícias da FCC querendo quebrar a neutralidade da rede e a inteligência artificial capaz de interpretar textos.

    Sobre a quebra da neutralidade acho inevitável. Infelizmente é assim que o mundo funciona. Quem tem dinheiro tem vantagem e/ou preferência em tudo. Não será a internet que será diferente. Pode não ser agora, pode não ser em um futuro próximo, mas acabará acontecendo. E aí quem tem bala na agulha terá preferência no tráfego da rede assim como já tem preferência em tudo o resto.

    Sobre a inteligência artificial capaz de interpretar textos, se realmente funcionar poderemos dizer que a inteligência artificial superou a inteligência humana. Ou pelo menos a inteligência da maioria dos seres humanos no Brasil. É só olharmos como anda a interpretação de texto do brasileiro em geral. Tá feia a coisa!!

  2. Ramires disse:

    Olá amigos do Opencast.
    Aproveitem essa fase de testes e experimentações de distros e gerenciadores para testar o Manjaro. Vocês irão se surpreender com o trabalho que a comunidade fez em cima do ArchLinux, tornando-se extremamente versátil e usável. E a melhor parte, já que comentaram achar o Kde muito pesado (não é mais pesado que o gnomo Shell atual, pelo contrário, ficou muito fluido). O Manjaro XFCE Edition é simplesmente sensacional, bem configurado, leve, bem acabado, ajustadinho. O mesmo vale para o Manjaro Kde Edition. Com certeza vão perder a impressão ruim que a versão 4 do Kde trouxe (sim, a versão 4 foi amais pesada e ruim de todas, não por mal, mas por ter sido um divisor de águas no desenvolvimento do Kde). Fora isso, eu recomendo fortemente que experimentem com atenção e carinho o opensuse, que tem a melhor versão de kde implementada entre as distros Linux, talvez por terem participação ativa desde sempre no desenvolvimento do kde. O gerenciador de pacotes zypper, a YAST2 que é a ferramenta de gerenciamento do opensuse, e uma comunidade muito ativa fazem do opensuse uma excelente opção para quem vem do mundo Ubuntu debian. Uma ferramenta fantástica do opensuse para quem está se acostumando com o novo ecossistema é o 1clickinstall, uma forma rápida de localizar programas e instalar/atualizar no seu sistema. Sou suspeito para falar do opensuse, por ser usuário muito antigo nesse sistema (comecei lá no final dos anos 90,meu primeiro Linux foi um conectiva 4, comprado diretamente da conectiva por correio, e o segundo foi um Suse 4, que conheci através de uma daquelas revistas que forneciam um CD junto, e de lá para cá experimentei várias distros, mas sempre com o pé fincado no Suse, depois opensuse. Sobre bsd’s a mais focada em usuário final é a TrueOS, antiga PCBSD. É muito boa, também tem uma versão do Kde bem legal, mas os pacotes não são tão ricos como Linux em geral, sendo que os programas mais específicos exigem compilação não unha. Para a maioria esmagadora, já existe pacotes prontos e bem atualizados no appCafe, que é o gerenciador de pacotes visual do TrueOS. Eles também desenvolvem um gerenciador se janelas próprio chamado Lumina. Bem legal, mas ainda em fase de acabamento. Também vale a pena experimentar, apesar de ser pouco pro vale que vocês ontem por trocar de Linux para BSD. É isso, fiquei um tempo sem comentar, mas esse assunto me chamou atenção, portanto tá aí a minha opinião é as minhas sugestões. Se quiserem um participante esporádico para notícias do mundo opensuse e TrueOS podem contar comigo, participaria do cast com o maior prazer. Grande abraço.

    • tecnolog disse:

      Legal as informações Ramires. Sobre o OpenSUSE eu tenho um preconceito sem nunca ter usado, mas isso eu falo mais em um episódio exclusivo sobre ele, que um dia vai sair, só falta conseguir um especialista que não fure mais de 5 vezes a gravação 😛

      • Ramires disse:

        Não me considero especialista (mas sou Hard User, acima da média com certeza) , mas se precisar de alguém que não vai furar, pode contar comigo. Acho que tenho bastante para com contribuir sobre opensuse.

Deixe seu comentário

Website